BB King, Hancock e Black Eyed Peas tocarão em Montreux

B.B.King de volta aos palcos do Festival de Montreux

B.B. King, Herbie Hancock, Black Eyed Peas e Lauryn Hill vão apresentar-se no festival de jazz de Montreux, um dos mais importantes eventos musicais do verão europeu, anunciaram os organizadores do festival nesta.

O fundador do festival, Claude Nobs, anunciou a programação eclética da 43a edição anual do evento na cidade suíça, que acontece entre 3 e 18 de julho, com mais de mil músicos.

A edição deste ano, com 90 concertos, promete “um panorama musical de 360 graus”, dando preferência a eventos singulares e não tanto a astros que atraem públicos enormes.

“Montreux é um festival como nenhum outro. Não é preciso comprar ingressos para curtir a música: há muitos eventos gratuitos das 12h até as 5h da manhã”, disse Nobs à Reuters.

Susan Tedeschi vai abrir o show do legendário bluesman BB King, em 12 de julho. Três anos atrás King tinha feito uma despedida emocionada aos seus fãs em Montreux, na digressão que descreveu como sendo a última na Europa.

King, que está com 83 anos e já recebeu 14 Grammys, nasceu numa fazenda no Mississippi e cresceu no sul dos EUA nos tempos da segregação racial. Ele e sua famosa guitarra “Lucille” têm uma carreira que já cobre mais de seis décadas.

Dianne Reeves, Lizz Wright e Angelique Kidjo vão encabeçar um show em homenagem à activista norte-americana dos direitos civis, cantora soul e compositora Nina Simone, que morreu em 2003. Lauryn Hill vai apresentar-se depois na mesma noite, 11 de julho, no famoso palco do auditório Stravinski.

Nina Simone cantou duas vezes em Montreux, a última em 1976. Nobs recorda que o DVD desse segundo concerto mostra a cantora “tendo um acesso de raiva, insultando o público, rindo e chorando”.

Os grupos de rock Steely Dan e Dave Matthews Band vão encabeçar a festa norte-americana, a 4 de julho.

O trio McCoy Tyner e o guitarrista Jeff Beck vão se apresentar no palco “Miles Davis”, respectivamente, em 14 e 17 de julho.

Alguns veteranos que vão retornar a Montreux incluem Herbie Hancock, George Benson, David Sanborn, Solomon Burke e Marianne Faithfull.

Ganhador do Grammy, Hancock será acompanhado pelo pianista chinês Lang Lang e a Orquestra Nacional de Lyon. Os ingressos para o evento de 5 de julho, descrito como première mundial, custarão 300 francos suíços (260 dólares).

Haverá três noites de homenagem a Chris Blackwell, que fundou a gravadora Island Records na Jamaica 50 anos atrás e é visto como responsável por fazer o mundo ouvir o reggae.

O festival será encerrado por Donna Summer, em clima disco.(X)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: