Companhia Nacional de Canto e Dança actua na Alemanha

A Embaixatriz da Dança moçambicana

A Embaixatriz da Dança moçambicana

A Companhia Nacional de Canto e Dança (CNCD) parte no dia 22 de Junho para Alemanha onde vai actuar nas cidades de Berlim, Hamburgo e Munique, no âmbito da realização da Semana Cultural de Moçambique, por ocasião das celebrações do 34º aniversário da proclamação da independência.

Organizada pela Embaixada moçambicana naquele país europeu, a Semana Cultural insere-se no quadro das celebrações do 34º aniversário da Proclamação da Independência de Moçambique.

A CNCD, que escala pela quarta vez a Alemanha, sendo a ultima em 1997, integra uma delegação que inclui escritores, artistas plásticos e músicos.

A Semana Cultural de Moçambique, que vai decorrer de 23 a 30 de Junho, contará igualmente com a presença de altos dignitários de Moçambique e da Alemanha e os titulares das Pastas dos Negócios Estrangeiros dos dois Países irão presidir a abertura da Semana, e o Ministro da Educação e Cultura Aires Ali, por seu turno, irá proceder ao encerramento da Semana Cultural, no dia 30 em Munique.

A CNCD, que é o prato mais forte da Semana Cultural, vai orientar Workshops e apresentará dois espectáculos em Berlim, onde se inclui a Gala da Independência, a ser apresentada no dia 26 de Junho no “Haus Fur Kulture der Welt” (A Casa para a Cultura do Mundo), um dos maiores e mais moderno Teatro da Europa.

Nesta gala, a CNCD vai apresentar as suas obras mais emblemáticas – o “N’TSAY”, um bailado criado por David Abílio, que conta a história de Moçambique, e em “MOÇAMBIQUE O SOL NASCEU”, um espectáculo do mesmo autor, que é uma amostra das danças mais representativas do País inteiro.

A companhia incorpora as mais representativas danças moçambicanas

A companhia incorpora as mais representativas danças moçambicanas

Depois de Berlim, considerada capital cultural da Europa, a CNCD ainda vai escalar as cidades de Hamburgo e Munique, onde, para além de apresentar as danças mais representativas do país, vai apresentar um concerto de música tradicional, com enfoque para Timbila, proclamada pela UNESCO como obra-prima do Património Oral e Imaterial da Humanidade.

A realização desta Semana Cultural insere-se na divulgação das potencialidades culturais, turísticas e artísticas de Moçambique, como também reavivar a chama patriótica dos moçambicanos lá residentes, a amizade e cooperação com a Alemanha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: